AGRICULTURAARTIGOSTecnologia

5G: umas das revoluções tecnológicas mais aguardadas no agronegócio

Em novembro de 2021 aconteceu no Brasil o leilão da rede 5G, quinta geração de redes móveis e de banda larga. Considerado o maior leilão de frequências da história do país, foram movimentados R$ 46,7 bilhões entre as operadoras de telecomunicação, que compraram blocos de frequência nacionais e regionais para disponibilizar a nova tecnologia para os usuários.

A implementação do 5G terá seu início ainda este ano, com previsão de cobrir todo o território nacional até 2028.

Quais são as mudanças que essa nova tecnologia traz e como ela vai impactar o agronegócio?

Agricultura 4.0

Antes de pensarmos no 5G, é importante ressaltar que o campo vive uma era de transformação digital. Para continuar se desenvolvendo e se destacando na economia nacional, o setor rural tem investido fortemente na Agricultura 4.0.

Basicamente, Agricultura 4.0 é o uso de tecnologia de última geração no agronegócio, como softwares, GPS, robótica, drones e diversas ferramentas que visam tanto a redução de custos, como maior precisão e aumento de lucros.

Nesse sentido, a chegada do 5G pode potencializar o desenvolvimento da Agricultura 4.0 em termos de velocidade e de possibilidades.

O que é o 5G

O 5G é a evolução das gerações anteriores de internet móvel – 3G e 4G. Ele trará mais velocidade, que é a capacidade de trafegar um número muito maior de informação em prazo menor, cobertura mais ampla e conexões mais estáveis.

Além disso, o 5G promete revolucionar a sociedade por meio de objetos inteligentes conectados e de cidades inteligentes. A proposta é tornar tudo conectado à internet, desde eletrodomésticos até veículos e câmeras de segurança.

O 5G no agronegócio

Segundo o Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimentos), somente 23% das áreas ocupadas por atividades do agronegócio contam com cobertura de internet. Estima-se que a implementação de internet em 90% das áreas irá impulsionar o VBP (Valor Bruto de Produção) do agronegócio em mais de R$100 bilhões.

Como o compromisso do 5G é ampliar a área de cobertura, existe grande expectativa para os próximos anos a fim de melhorar a conectividade no campo e estendê-la em termos geográficos.

Outra grande expectativa em relação ao 5G está na integração de dados e segurança da informação. Além de proteger a marca e o negócio do produtor, também será possível melhorar os controles internos e assegurar a troca de informação entre clientes e fornecedores.

Com dados protegidos e mais conectividade entre todos os processos, será possível prever situações e tomar decisões mais precisas e assertivas, como o planejamento de colheita e o preparo para o plantio seguinte.

As novas tecnologias chegaram para melhorar a vida do consumidor e potencializar o trabalho do produtor – e assim será com o 5G – por isso é sempre importante estarmos conectados às novidades e aproveitá-las ao máximo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.